HSVP emite comunicado sobre escassez de medicamentos para pacientes em UTI

#PortalEstáEmTudo



Ao final da noite de ontem (25), o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) emitiu um comunicado em que alerta sobre a escassez de medicamentos destinados aos pacientes em UTI.


A falta atinge principalmente pacientes em tratamento de Covid-19.


No documento, o hospital afirma que, caso os medicamentos não sejam repostos, os pacientes que necessitarem de tratamento de terapia intensiva, especialmente Covid-19, mas também atendimentos de emergência e internações com instabilidade clínica, devam ser encaminhados para outras instituições de saúde.


A instituição cita, ainda, que a unidade passa por um nível de “catástrofe hospitalar”.


Nesta semana, o Governo do Estado encaminhou ao HSVP uma remessa de medicamentos destinados à intubação de pacientes.


No entanto, a assessoria de comunicação do hospital informa que a escassez é em relação a outros fármacos.

  • Na manhã de hoje (26), um novo posicionamento foi emitido. Confira na íntegra:

“Comprometido com a segurança, assistência e boa prática médica, considerando o comunicado do Hospital de alerta para os órgão oficiais de saúde, ontem, 25/03/2021, continuamos em constante campanha para manter o nível adequado de medicamentos utilizados em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), especialmente, no tratamento da Covid-19.


Recebemos, até o momento, empréstimos de outras instituições hospitalares e de clínicas e doações da Secretaria de Saúde do Município de Passo Fundo e empresário de outro segmento.


Continuamos, segundo critérios técnicos pertinentes, em uso racional dos medicamentos que integram o “kit de intubação” de pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Nesta data, mantemos o mesmo nível de alerta com os organismos públicos de saúde.”


Com informações Diário da Manhã