Heyder, ex-atacante do Internacional morre de Covid-19

#PortalEstáEmTudo


O ex-atacante Heyder, de 61 anos, que defendeu o Internacional nos anos 80 morreu de complicações da Covid-19. Ele disputou os Brasileiros de 1987 e 1987, levando o colorado às decisões e também disputou a Libertadores de 1989.

Em 1988, jogou no Vermelhão da Serra e fez a jogada pelo lado direito, cruzando para a cabeçada do gol de Amarildo, determinando o placar de Passo Fundo 0x1 Internacional. Heyder defendeu, ainda, outros clubes consagrados, como Cruzeiro e Flamengo. Nascido no Para, o ex-atleta estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Campanha do Hangar, em Belém, desde a semana passada.


Heyder começou a sua carreira no futebol paraense, quando defendeu o Remo. Após jogar nos pernambucanos Sport e Náutico, o atacante chegou Flamengo em 1985. Apesar da sua passagem ter sido rápida, o jogador viveu momentos inesquecíveis no Rubro-Negro, quando conheceu Zico e foi comandado por Zagallo.


Após deixar o Flamengo, Heyder defendeu o Vitória e Bahia, antes de defender dois dos maiores clubes do futebol brasileiro: o Internacional e o Cruzeiro. Em fim de carreira no Fortaleza, Heyder encerrou a sua história no futebol em um amistoso pelo Remo, em 1993. O jogador trabalhava atualmente como funcionário público.

Ainda na terça-feira foi confirmada a morte do ex-atacante colorado Florindo. Ídolo que marcou época nos Eucaliptos, Florindo, o ‘Gigante de Ébano’, foi um dos maiores zagueiros da história do Internacional. Contratado por indicação do igualmente marcante Teté, o defensor vestiu as cores do Clube do Povo de 1951 a 1959, quando integrou o icônico Rolinho, formação tetracampeã citadina e estadual, sucessora do Rolo Compressor.


Titular no primeiro Gre-Nal do Estádio Olímpico, Florindo foi um dos destaques do eterno 6 a 2 colorado. Apesar do batismo da casa rival, porém, o clássico mais marcante para a biografia do defensor foi outro. Também na casa gremista, certa feita arrancou aplausos de azuis e vermelhos ao cortar, de bicicleta, arremate endereçado às redes do Clube do Povo.

Fonte: Rádio Planalto