Grêmio aposta em ida à final da Copa do Brasil para superar queda na Libertadores

#PortalEstáEmTudo



A queda na Libertadores da América ficará marcada no torcedor gremista, mas, no futebol, as derrotas doloridas como a que o Tricolor sofreu para o Santos nas quartas de final da competição sul-americana podem ser cicatrizadas. Para isso, o time precisa voltar a vencer jogos importantes, decisivos, contra adversários de mesma grandeza. Exatamente uma semana após a eliminação, a equipe de Renato Portaluppi inicia a briga por uma vaga na final da Copa do Brasil, diante do São Paulo.


A concentração do grupo foi antecipada e iniciou na noite de ontem. O foco é total. Renato tem utilizado o tempo em que não está comandando treinamentos no CT Luiz Carvalho para esmiuçar o adversário. Não bastasse o momento instável do Grêmio, o Tricolor paulista ainda é a sensação do futebol brasileiro. “Nós vamos trabalhar bastante, estudar o nosso adversário para tentar a vaga na final da Copa do Brasil”, garante Renato.


Além de encontrar os pontos fracos do oponente, o treinador tem a missão de fazer com que o Grêmio volte a jogar bem. Antes de perder para o Santos, eram 18 jogos de invencibilidade. Agora, a estatística é vista por outro lado. O Grêmio não ganha há quatro jogos. Em sua entrevista após o empate em 1 a 1 com o Sport, no final de semana, Renato externou um dos defeitos que ele diagnosticou na equipe nesses últimos jogos. “O problema é que em determinadas jogadas a gente não precisa dar 10, 12 toques para chegar no gol. Tem que simplificar, dar quatro, cinco toques para chegar no gol”, comentou.

Há dúvidas para o jogo de ida na Arena. Maicon vem sendo avaliado no dia a dia e não tem presença garantida. Além de buscar a total recuperação de um problema muscular na panturrilha, o volante está sem ritmo de jogo. O zagueiro Kannemann é outro que não tem encontrado seu melhor rendimento. Diante do Santos, na Arena, o argentino foi substituído no intervalo.


Contra o Sport, acabou sendo expulso. Mas é um jogador que conta com a confiança de Renato e deve ir para o jogo, formando a zaga com Pedro Geromel. Na extrema direita, Luiz Fernando tem sido o titular, mas não pode jogar a Copa do Brasil. Com isso, Ferreira deve ganhar a oportunidade de iniciar a semifinal. Alisson, o antigo dono da posição, está retornando e pode ficar no banco de reservas.

Fontes: Correio do Povo

WhatsApp-icone.png