Gafanhotos são detectados em oito municípios gaúchos

#PortalEstáEmTudo



O último relatório da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) sobre a incidência de gafanhotos no Rio Grande do Sul, divulgado nesta terça-feira, indicou a presença dos insetos em oito cidades: São Valério do Sul, Santo Augusto, Bom Progresso, Redentora, Coronel Bicaco, Chiapeta, Campo Novo e Dois Irmãos das Missões. Foram feitos 108 levantamentos em 11 municípios (além dos que registraram incidência, participaram ainda São Martinho, Nova Ramada e Braga) com localização de gafanhotos em 67 observações. O monitoramento dos insetos, das espécies Chromacris speciosa , Sinipta e Zoniopoda, vem sendo feito desde o dia 30 de novembro.


O chefe da Divisão de Defesa Sanitária Vegetal da Seapdr, Ricardo Felicetti, reitera que as espécies identificadas são nativas e de ocorrência comum no Rio Grande do Sul, não se enquadram como pragas agrícolas e nem trazem danos aos plantios cultivados e lavouras comerciais. Segundo Felicetti, a orientação da secretaria é de que não seja adotado nenhum controle dos insetos " tendo em vista que estas espécies desempenham função ecológica e eventuais supressões possibilitariam desequilíbrio local e efeitos adversos ao meio ambiente", diz ele.


Fonte: Correio do Povo

WhatsApp-icone.png