Escalação do Inter traz dúvida na direita e retornos importantes no meio

#PortalEstáEmTudo



O Internacional encerrou ontem (8) a preparação para o jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, contra o Boca Juniors, amanhã (9), às 21h30 (de Brasília), em Buenos Aires. O time conta com retornos importantes de Edenilson e D'Alessandro, mas tem dúvida na lateral direita.


Heitor era titular com Eduardo Coudet, mas desde que Abel Braga assumiu o time Rodinei tem ocupado o posto. Por ser mais experiente, o ex-jogador do Flamengo larga em vantagem na disputa por posição no time.


Abel, por sinal, estará de volta à beira do campo. O treinador esteve afastado por mais de 10 dias em razão da Covid-19.


Da mesma forma, Edenilson volta após testar positivo e deve retomar posto de titular. A tendência é que o Inter seja montado no 4-4-2 em losango, mesma formação do duelo de ida.


D'Alessandro foi preservado do último jogo e tem condições de reassumir posto de armador. Mauricio e Peglow, de boas atuações recentes, também podem ser utilizados. Marcos Guilherme corre por fora e deve começar no banco.


Rodrigo Moledo, suspenso do jogo contra o Atlético-MG pelo Brasileiro, também poderá voltar.


A provável escalação tem: Marcelo Lomba; Rodinei (Heitor), Moledo, Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick e D'Alessandro; Galhardo e Yuri Alberto.


O Inter perdeu o jogo de ida por 1 a 0 em casa. Para encarar o Racing nas quartas de final da Libertadores precisa vencer por dois ou mais de vantagem na Bombonera. Placar mínimo também serve desde que o time marque dois ou mais como visitante (2 a 1, 3 a 2, 4 a 3, em diante). Se devolver o 1 a 0, a decisão será nos pênaltis. Qualquer outro cenário coloca o Boca Juniors na fase seguinte.


FONTE: UOL Esporte