Conmebol anuncia programa para vacinar milhares de atletas do futebol contra a Covid-19

#PortalEstáEmTudo


O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, anunciou oficialmente que a empresa chinesa Sinovac Biotech Ltda entregará à instituição a título de doação um total de 50.000 doses de sua vacina (CoronaVac) contra Covid-19, de forma clara e positiva apoio ao futebol sul-americano. A imunização terá como foco os principais times do futebol profissional sul-americano de primeira categoria, torneios masculino e feminino. Ou seja, equipes que jogam a Libertadores da América e Sul-Americana terão a prioridade, além das seleções participantes da Copa América.


“É a melhor notícia que a família do futebol sul-americano pode receber, à qual devemos nossos melhores esforços na Conmebol. Este é um grande passo para derrotar a pandemia Covid-19, mas de forma alguma significa que estamos baixando a guarda. Vamos manter o nosso trabalho responsável, que nos permitiu concluir os nossos torneios com tranquilidade e sem alterar os formatos ”, disse Dominguez. O dirigente ainda que acrescentou que “agradeço este grande gesto de solidariedade e apoio da empresa Sinovac, que entendeu que o futebol é uma atividade fundamental para a economia, cultura e saúde física e mental dos sul-americanos ”.


O chefe da entidade matriz do futebol sul-americano também agradeceu muito especialmente ao Presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, ao Secretário da Presidência, Álvaro Delgado, ao Ministro do Esporte, Sebastián Bauzá, e ao Embaixador do Uruguai na China, Fernando Lugris e ao Presidente da AUF, Ignacio Alonso, pela gestão rápida e eficaz desta conquista sem precedentes no futebol mundial.


A Presidência do Uruguai, em seu claro compromisso com o apoio ao esporte, abnegadamente ofereceu seus bons ofícios para mediar perante a Sinovac Biotech Ltd. Nenhuma outra confederação no mundo conseguiu ter os imunizantes disponíveis para iniciar um processo de vacinação em massa.


Os detalhes logísticos e operacionais do processo de vacinação serão devidamente informados pela Conmebol, em coordenação com as Associações Membros.


Fonte: Diário da Manhã

WhatsApp-icone.png