Com leitos de UTIs lotados, direção de hospital de Carazinho publica nota

#PortalEstaEmTudo



O Hospital de Caridade de Carazinho está com todos os leitos de UTIs Covid lotados. Por isso, a direção da instituição publicou uma nota na última segunda-feira (22) pedindo à população o cumprimento dos protocolos.


Confira a nota completa:


O Hospital de Caridade de Carazinho, Instituição Hospitalar referência regional em atendimento de pacientes com diagnóstico da Covid-19 desde o início da Pandemia, vem a público manifestar preocupação e reiterar as seguintes considerações e orientações:


1. Considerando que Carazinho se encontra no pior momento da pandemia da Covid-19, com 4.215 casos confirmados até o presente momento e 359 casos ativos da doença, bem como a situação agravada em todo o Rio Grande do Sul;


2. Considerando a divulgação do mais grave mapa preliminar do Distanciamento Controlado, com 11 regiões em bandeira preta, incluindo Carazinho, o que significa que 68% da população regional está em áreas classificadas como de risco altíssimo;


3. Considerando que o Hospital de Caridade de Carazinho chegou neste último final de semana, em sua lotação máxima em leitos de UTI e leitos Clínicos, e registrou um número elevado de atendimento no Serviço de Triagem e na Emergência;


4. Considerando o respeito aos profissionais de saúde que estão há quase um ano atuando na linha de frente ao combate da Pandemia, alcançando um nível de cansaço e estresse extremamente altos;


O Hospital de Caridade de Carazinho reitera:


Que a população respeite os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde (utilização de máscaras, constante higienização das mãos) mantendo-se alerta às indicações de cuidados pessoais:


-Utilização de máscara sobre a boca e o nariz;


-Troca periódica de máscara;


-Constante higienização das mãos com água e sabão e/ou álcool gel;


-Evitem sob qualquer situação as aglomerações;


-Caso manifeste algum sintoma procure serviço médico imediatamente;


-Em caso de suspeita mantenha isolamento social devido.


A situação é EXTREMAMENTE GRAVE, sem precedentes, a estrutura de atendimento hospitalar, não só em nossa Instituição, mas também em todo Estado está sobrecarregada e precisamos barrar COM URGÊNCIA a velocidade e o aumento dos casos da Covid-19.


A estrutura hospitalar está beirando o colapso e mais do que nunca precisamos do esforço coletivo da população.


Carazinho, 22 de fevereiro de 2021.

WhatsApp-icone.png