Ciganos são suspeitos de golpe em pequenos agricultores na região

#PortalEstáEmTudo


Um grupo de ciganos está na mira do Polícia Civil após denúncia de estelionato praticado contra agricultores de Fortaleza dos Valos, no noroeste do Rio Grande do Sul. A apreensão do material que servirá de prova no inquérito ocorreu na quinta-feira (20/05). Segundo a polícia, após se apresentar aos moradores e oferecer chás e outros produtos ditos por eles "medicinais", os indivíduos do grupo se apropriaram do cartão bancário de duas vítimas. A intenção, segundo os ciganos, era "benzer" os cartões.


Após se apropriar dos cartões, possivelmente com conhecimento das senhas, eles realizaram saques das contas das vítimas que totalizaram cerca de R$ 30.000,00.

Durante as buscas foram apreendidos documentos e objetos que integrarão o processo contra os autores do crime. No local estava um indivíduo com carteira de identidade e carteira de motorista aparentemente falsos, do Uruguai.


As vítimas são conhecidas na comunidade como humildes, de pouco conhecimento na área de tecnologia e com baixa escolaridade. São aposentados e estavam economizando todo o dinheiro para alguma necessidade.


Esclarecevimento: O grupo em questão nada tem a ver com os ciganos da família Gostiche, legalmente instalados em Ibirubá a mais de 20 anos e que trabalham no comércio de veículos. Os contraventores são índios guaranis, segundo os Gostiche.


Informações e fotos: Polícia Civil / Comunicação




WhatsApp-icone.png