Butantan diz que CoronaVac é eficaz contra variantes do coronavírus

#PortalEstáEmTudo


Os resultados preliminares de um estudo que está sendo conduzido pelo Instituto Butantan e pela Universidade de São Paulo (USP) mostram que a vacina CoronaVac é eficaz contra as três novas cepas do vírus que mais têm preocupado os cientistas: as variantes britânica, sul-africana e a brasileira.

O estudo incluiu amostras de 35 participantes vacinados na Fase 3 dos ensaios clínicos da CoronaVac. Os resultados completos ainda vão ser divulgados, mas o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, já afirma que a vacina produzida pelo laboratório chinês Sinovac, em parceria com o próprio Butantan, é eficiente.

Entre as novas cepas que circulam no Brasil estão os subtipos P1 e P2 da variante brasileira. A que mais preocupa é o subtipo P1, ou variante de Manaus. Essa nova cepa reúne as mutações das variantes do Reino Unido e da África do Sul e, segundo estudo da Fiocruz, pode ser até duas vezes e meia mais contagiosa.


Fonte: Agência Brasil






WhatsApp-icone.png