Auxílio Emergencial 2021: governo libera ferramenta para consulta de quem terá direito de receber

#PortalEstáEmTudo


A nova rodada do Auxílio Emergencial começa a ser paga em meados de abril, serão quatro parcelas de, em média, R$ 250 reais. Todavia, agora para facilitar o processo e diminuir as filas, os beneficiários poderão consultar se vão ou não ter direito de receber as novas parcelas do programa.


De acordo com o Ministério da Cidadania, a elegibilidade ao auxílio emergencial ainda está sendo processada pela Dataprev e estima-se que a partir de 1º de abril, cada beneficiário poderá verificar se vai receber ou não o benefício no Portal de Consultas da Dataprev.


O processo de consulta é bem simples, basta informar:

  • Nome completo;

  • CPF;

  • Nome da mãe (caso não tenha basta marcar a opção Mãe desconhecida);

  • Data de nascimento.

Vale ressaltar que, o site é apenas para consulta, as novas regras do auxílio emergencial 2021 não permite o cadastro para novos beneficiários.


"O auxílio emergencial 2021 será concedido ao trabalhador que estava recebendo, em dezembro de 2020 e que cumpra as regras da Medida Provisória 1039", diz o comunicado da pasta".


Para beneficiários que estão dentro do programa Bolsa Família, o primeiro pagamento será no dia 16 de abril. Para os demais, o governo ainda não divulgou as datas.


Quem vai receber?

Pelas novas regras, o auxílio só será pago a famílias com renda total de até três salários mínimos por mês, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário ter sido aprovado para receber o benefício em 2020, pois não haverá nova fase de inscrições.


Para quem está no Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso. A pessoa receberá o benefício com maior valor, seja a parcela paga no âmbito do programa, seja o valor do Auxílio Emergencial. O beneficiário será notificado se houver alteração.


Fonte: Diário da Manhã