Anvisa decide sobre aprovação de vacinas no domingo (17), em votação ao vivo

#PortalEstaEmTudo



A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deve se reunir no próximo domingo (17) para discutir os pedidos de autorização para uso emergencial de vacinas contra a Covid-19 e bater o martelo sobre as solicitações.


A data é o penúltimo do prazo de dez dias estipulado como limite para este tipo de análise. As vacinas sob pedido de uso emergencial são a Coronavac, do Instituto Butantan, e a vacina de Oxford/Astrazeneca, pela Fiocruz.


A decisão é tomada pelos cinco diretores da Anvisa, em votação. O procedimento é padrão para casos de uso emergencial e também é adotado pela FDA (a agência reguladora dos Estados Unidos).


A votação será transmitida ao vivo por meio do canal da Anvisa no YouTube.


Procedimento

Na primeira etapa da análise, verificou-se se a documentação e as informações essenciais estavam nos materiais apresentados pelos centros de pesquisa.


Naquela etapa, a Anvisa solicitou ao Butantan mais informações sobre a Coronavac. Os dados foram enviados ao longo do último fim de semana.


Após essa triagem, os técnicos da Anvisa passaram a examinar os relatórios enviados e os dados constantes nos requerimentos submetidos.


Andamento das análises

Conforme última atualização, às 8h18 da manhã de hoje (13), o portal da Anvisa informava, sobre os status de documentação:


  • Coronavac/Butantan: 40,7% concluído; 24,07% em análise; 29,76% pendente de complementação e 5,47% não apresentado.

  • Fiocruz/Astrazeneca: 32,6% concluído; 49,02% em análise e 18,38% pendente de complementação.

Vale lembrar que a Coronavac é a única vacina em solo brasileiro e com produção local em andamento. A Astrazeneca, por outro lado, ainda não tem previsão da chegada dos insumos para produção no Brasil.


Fonte: Diário da Manhã